quarta-feira, 3 de abril de 2013

Primeira Ligação Com Telefone Celular Completa 40 Anos.



  • Foto de divulgação mostra homem usando o protótipo de telefone celular DynaTAC, em 1973
    Foto de divulgação mostra homem usando o protótipo de telefone celular DynaTAC, em 1973
A primeira ligação com um telefone celular foi feita há exatos 40 anos. Em 3 de abril de 1973, o engenheiro Martin Cooper, então com 44 anos e funcionário da Motorola, foi para as ruas de Nova York fazer uma ligação com um aparelho de  1,1 kg chamado DynaTAC.

Tratava-se de um protótipo – somente depois de dez anos e investimento de US$ 100 milhões (cerca de R$ 202 milhões), a Motorola lançou o DynaTAC 8000X, considerado o primeiro telefone celular a chegar ao mercado. 

"Conforme eu andava pelas ruas falando ao telefone, os sofisticados nova-iorquinos ficavam boquiabertos ao ver alguém se locomovendo enquanto fazia uma ligação telefônica", contou Cooper à "CNN". Hoje dono da empresa de tecnologia Dyna, ele diz que o protótipo baseou-se na ideia de que as pessoas querem sempre se comunicar. "O número de telefone deveria estar associado a uma pessoa, não a um lugar", afirma o engenheiro. 

Em seu site, Cooper relata que o desenvolvimento do projeto levou pouco mais de três meses, apesar de diversos elementos terem sido criados antes. O projeto da antena, por exemplo, levou dois anos e ficou pronto na época da criação do aparelho. "O mesmo aconteceu com o circuito integrado e outras partes necessárias para o telefone", relata. "O sonho de um telefone portátil existia muito antes de o aparelho ser criado."
  • Reprodução/Twitter
    Martin Cooper, 84, em foto de seu perfil no Twitter. O engenheiro deixou a Motorola em 1983, mesmo ano em que a empresa lançou o telefone celular
O engenheiro afirma que o visual do protótipo foi resultado de um concurso do qual participaram cinco designers industriais da Motorola. "Escolhi o mais simples, e esse design básico durou por quase 15 anos."
Cooper diz que, já em 1973, os profissionais envolvidos no projeto acreditavam que um dia cada pessoa teria seu próprio telefone pessoal. "Por outro lado, quando o primeiro celular foi lançado em 1983, ele custava US$ 4.000 [cerca de R$ 8.000]. Não eram muitas pessoas que podiam pagar." Ele reconhece que não havia como antecipar a inclusão nos aparelhos de funções de computador, câmera e tocador de música.
O engenheiro conta ainda que tenta ter sempre o modelo mais novo de celular – na época que divulgou as perguntas e respostas em seu site, ele tinha um Motorola Droid. "Testo cada aparelho novo e interessante que chega ao mercado e, quando você ler isso, eu já terei um telefone diferente." 

Nenhum comentário:

Postar um comentário