domingo, 17 de março de 2013

Sean Penn Faz Churrasco Para Ator Brasileiro Com Síndrome de Down; Veja Foto do Encontro.


O sonho do ator Ariel Goldenberg, do filme "Colegas", de encontrar o astro Sean Penn foi realizado nesta sexta-feira (15), em Los Angeles. De acordo com Marcelo Galvão, diretor do longa, o brasileiro foi com a mulher, Rita Pokk, à casa de Penn, na praia de Malibu, sem avisar e tocou a campainha.

"Foi tudo de surpresa. Teve uma americana no local dizendo que essas coisas são proibidas e que chamaria a polícia se tocássemos a campainha. Mas o próprio astro atendeu e, como conhecia a campanha Vem Sean Penn, foi superbacana com Ariel", conta à Folha o cineasta, que ficou no Brasil por causa de problemas no visto e mandou dois assistentes para acompanhar a empreitada.

Folha recebeu a foto do encontro com exclusividade.

"Nós batemos na porta com a cara e a coragem. Eu achava que era a maior roubada do mundo, que éramos loucos, mas ele [Sean Penn] atendeu [a porta]", disse Carlos Cardinalli, amigo de Ariel e de Galvão que mora em San Diego (Califórnia) e está ajudando na viagem. "Penn o chamou para andar na praia e fez um churrasco para Ariel, que ficou muito feliz."

O ator hollywoodiano, segundo o diretor, pensou em viajar para o Brasil para encontrar Ariel Goldenberg e o elenco de "Colegas", mas não queria sua imagem ligada a nenhum tipo de patrocínio. "Em compensação, Penn tirou da parede o certificado de sua indicação ao Oscar por 'Uma Lição de Amor' e deu para Ariel com um pôster autografado", revela Galvão.

Protagonizado por um trio de atores com síndrome de Down (incluindo Ariel Goldenberg e Rita Pokk), "Colegas" já foi visto nos cinemas por mais de 96 mil pessoas ao longo de duas semanas em cartaz.
Arquivo pessoal
O ator Ariel Goldenberg com seu ídolo, o também ator Sean Penn
O ator Ariel Goldenberg com seu ídolo, o também ator Sean Penn

Zé Carlos Barretta/Folhapress
O casal Rita Pork e Ariel Goldenberg no apartamento em que moram, em São Paulo
O casal Rita Pokk e Ariel Goldenberg no apartamento em que moram, em São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário