terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Escocês é Descendente Direto de Africana de 190 Mil Anos.




O escocês Ian Kinnaird, de 72 anos, resolveu fazer um teste de DNA de 200 euros (R$ 525), sem muitas expectativas. Quando o resultado saiu, nem os cientistas que conduziram o processo acreditaram: seu DNA mitocondrial tinha 30 mil anos e havia passado pela “primeira” mulher da Terra, que viveu na África.
Apenas duas mutações genéticas haviam acontecido no escocês, sendo que o comum é 200 mutações desde os nossos primeiros ancestrais.
De acordo com os cientistas que fizeram o teste, o escocês pode ser considerado o “bisneto de Eva ou o bisavô de todos os ingleses”. E para os anglo-saxões orgulhosos de seu sangue branco, a má notícia de que eles também são descendentes da “Eva africana”.
O marcador genético do escocês também está presente na sua irmã e sobrinha. O historiador e responsável pela pesquisa genética, Alistair Moffat, afirma que Eva, “mãe de todos nós”, viveu há quase 190 mil anos (essa data pode ser diferente para outros cientistas, por exemplo, há quem diga que ela viveu 200 mil anos atrás), enquanto o “Adão” há cerca de 140 (o que também pode ser contestado, embora saiba-se que ele veio depois), ambos na África Central. E claro que outras mulheres e homens viveram nessa época, mas apenas os genes desses dois sobreviveram para contar a história.

Adão e Eva

Vamos explicar: Eva, cientificamente falando, é a ancestral comum entre todos os Homo sapiens vivos agora. Todos nós temos uma única tatata(…)tataravó: uma “mulher” que viveu, em média, há 200 mil anos (dá para concluir quem foi ela com base no DNA mitocondrial – as mitocôndrias são organelas celulares que produzem energia no interior das nossas células e que possuem seu próprio conjunto de genes). Adão, por outro lado, é o ancestral de todos os machos, que nasceu milhares de anos depois (denunciado pelo cromossomo Y). Nessa “suruba” há também o amante Ricardão: os Neandertais, de quem também podemos ser parentes, conforme foi descoberto recentemente.
Claro que Adão e Eva, nesse caso, não são os mesmos da Bíblia. Como você viu, eles nem viveram na mesma época, muito menos foram os primeiros em alguma coisa. Havia outros homens e mulheres vivendo na época deles, mas, hoje, todos os homens vivos são descendentes diretos daquele sujeito (o “Adão”), e todos os humanos, independentemente do sexo, têm Eva como sua ancestral comum.
Os mesmos pesquisadores que analisaram o escocês, que, diferente de você, é um descendente direto de Adão e Eva (se você é mulher, pode ser descendente de Eva com outro homem. Se for homem, de Adão com outra mulher, que veio de Eva), já fizeram outros dois mil testes de DNA, e catalogaram descendentes de várias etnias, incluindo ingleses e irlandeses ancestrais, vikings, grupos caçadores e humanos primitivos que viviam e pintavam em cavernas. [TelegraphAbril]

Nenhum comentário:

Postar um comentário