quinta-feira, 29 de novembro de 2012

A Melhor Pegadinha de Todos os Tempos.

7 Coisas Que Nunca Deveriam Ter Sido Inventadas.


Os seres humanos são capazes de criar coisas incríveis. Mas ao mesmo tempo em que conseguimos nos superar e melhorar nosso padrão de vida, nós também nos boicotamos com produtos, descobertas e invenções que prejudicam nossa existência e a da natureza.
Confira a nossa lista de coisas indesejáveis e perceba porque viveríamos muito melhor se certas coisas nunca tivessem sido criadas.

1. Plástico

Imagine uma área enorme, no meio do oceano Pacífico, que pode ser duas vezes o tamanho do território dos Estados Unidos. Não se trata de uma ilha, mas de uma imensa “sopa de lixo” chamada de “Grande Porção de Lixo do Pacífico”.  Segundo o jornal britânico The Independent, nada menos do que 100 milhões de toneladas de lixo podem estar boiando nessa região, sendo que a esmagadora maioria é composta por plástico.
O plástico constitui 90% de todo o lixo que boia nos oceanos do mundo. Seu inventor, Alexander Parques, criou o material indestrutível para substituir uma dezena de outros, mas não considerou seus malefícios: câncer, resíduos tóxicos contaminando o ambiente e uma quantidade gigantesca de lixo jogada no mar.
O principal problema do plástico é que ele não é biodegradável, pois nenhum processo natural consegue eliminá-lo. Especialistas apontam que a durabilidade que torna o plástico tão útil às pessoas é também o que o torna tão prejudicial à natureza.

2. Armas de destruição em massa

A Chama da Paz fica localizada em um monumento dentro do Parque Memorial da Paz, em Hiroshima, no Japão. Ela é uma chama “de verdade” que fica acesa o tempo todo e que permanecerá assim até que “a ameaça de aniquilação nuclear deixe o planeta”.
Hiroshima foi devastada em 1945 por um ataque nuclear que matou entre 70 e 80 mil pessoas instantaneamente, além de milhares de outras nos anos seguintes — devido aos efeitos da radiação. Nagasaki, outra cidade japonesa vítima de bomba nuclear, perdeu aproximadamente 80 mil habitantes. Em ambas as localidades, a esmagadora maioria de mortos era civil.
O uso das armas de destruição em massa foi classificado como bárbaro, visto que mais de 150 mil pessoas foram mortas em Hiroshima e Nagasaki, e as áreas atingidas eram altamente povoadas por civis. Nos dias anteriores ao lançamento das bombas, vários cientistas americanos tentavam convencer as autoridades que o poder destrutivo da bomba poderia ser demonstrado sem causar mortes. Em vão.

3. Junk Food

O junk food – literalmente traduzido como “comida-lixo” – é praticamente sinônimo de fast food, mas vai além do que é oferecido nas cadeias de comida-rápida. Esse tipo de alimento contém altos níveis de gordura saturada, sal e açúcar, além de diversos aditivos alimentares. Ao mesmo tempo, ele é carente de proteínas, vitaminas e fibras dietéticas.
O produto popularizou-se entre os fabricantes por ser relativamente barato de produzir. Também é popular entre os consumidores de todo mundo porque é fácil de encontrar e requer um mínimo ou nenhum preparo antes do consumo — que é associado à obesidade, a doenças coronarianas, diabetes tipo 2, hipertensão e cáries.
Hambúrgueres, pizzas, salgadinhos e doces são exemplos clássicos de junk foods. Mas para a Agência de Normas Alimentares do Reino Unido, qualquer alimento rico em gordura, sal ou açúcar pode ser considerado como pertencente a essa categoria.

4. SPAM

O SPAM é um pesadelo que povoa nossas contas de email. Estima-se que 90% das mensagens que chegam a nossas caixas de entrada são SPAMs. Esse tipo de email é usado para os piores fins, como boatos (hoaxes), correntes (chain letters), propagandas indesejadas, golpes (scam), estelionato (phishing) e infestação por programas maliciosos (vírus, worms e cavalos de troia).
O SPAM surgiu na época em que internet ainda era conhecida como ARPANet  (que interligava apenas as bases militares e departamentos de pesquisa do governo americano). Na época, a questão não foi considerada por todos como sendo de relevante importância.
Os responsáveis pela ARPANet acreditavam que as consequências de tal comportamento eram pequenas e não justificavam a criação de um sistema de controle. Como todos nós sabemos, foi um terrível engano. Hoje, o SPAM é considerado um dos maiores problemas da internet.

5. Cigarros

A maioria das pessoas conhece os malefícios do cigarro. Mesmo assim, uma grande parcela da sociedade ainda fuma. O custo social do tabagismo para o governo é gigantesco: o Sistema Único de Saúde (SUS) é obrigado a arcar com o ônus das doenças provocadas pelo uso do cigarro.
É por isso que o Estado realiza uma campanha muito forte contra o fumo: impostos mais elevados para os fabricantes de cigarros, proibição do fumo em determinados locais e criação de peças publicitárias condenando o seu uso são algumas das medidas tomadas.
A fumaça do cigarro é extremamente danosa tanto para quem fuma quanto para quem fica perto de um fumante. Ela prejudica a circulação entre o coração e o pulmão, causa inúmeros danos aos dois órgãos, como infarto e câncer, e diminui a oxigenação dos tecidos.

6. CFC

Os clorofluorcarbonos (CFCs) são compostos químicos utilizados em unidades de refrigeração e aerossóis. Eles devastam o meio ambiente, pois se combinam com o ozônio atmosférico, neutralizando o composto molecular e enfraquecendo a camada de ozônio – uma importante barreira ambiental que protege a superfície terrestre da radiação ultravioleta do sol.
Embora a regulamentação tenha aumentado desde a década de 1970 e seu uso tenha diminuído, o CFC pode permanecer na atmosfera por quase um século, tornando-se um erro de longa duração.

7. Microsoft Bob

Lembra-se do Clippy? O odiado assistente do Office era um recurso presente nas versões 97 e 2003 do programa e foi muito criticado por ser intrusivo e irritante. Se o pequeno clipe já foi um incômodo apenas dentro do Office, imagine em um sistema operacional inteiro, auxiliando você em todas as suas tarefas no PC, como acessar a internet, ouvir música ou ver um vídeo. Este era o Microsoft Bob.
A interface gráfica foi projetada para ser uma versão mais facilitada do Windows 95. Bob considerava o seu computador como uma casa, e você(sem) como um convidado. Desenhos animados guiavam as pessoas na realização de tarefas simples. O software era caro e não conseguiu competir com o Macintosh, da Apple, considerado muito mais amigável.
O Microsoft Bob é considerado o maior fracasso da história da empresa, mas deixou um legado permanente para o mundo: a fonte Comic Sans, considerada por muitos como a pior fonte de todos os tempos. Ela foi criada exclusivamente para o Bob.


Além de 'Casseta', Didi Também dá Adeus à Grade da Globo.

Veja.


O dominical 'Aventuras do Didi' vai ao ar pela última vez em 3 de fevereiro. 'Casseta & Planeta Vai Fundo' se despede com dois especiais de fim de ano

Calminha (Tadeu Mello) e Dinina (Renato Aragão) em Aventuras do Didi
Calminha (Tadeu Mello) e Dinina (Renato Aragão) em Aventuras do Didi (Divulgação/TV Globo/Matheus Cabral)
A Rede Globo confirmou nesta quinta-feira a extinção de dois programas em 2013. O dominicalAventuras do Didi, apresentado pelo humorista Renato Aragão, vai ao ar pela última vez em 3 de fevereiro. A equipe grava o episódio derradeiro nesta quinta-feira. Segundo a emissora, Aragão já negocia a participação em novos projetos. Ainda não se fala em um novo programa solo, no entanto.
Como VEJA havia adiantado, o humorístico Casseta & Planeta Vai Fundo também vai deixar a grade do canal. O programa vai se despedir do público em dois especiais de fim de ano.
Em comunidado oficial, a emissora explica que o horário ocupado por Aventuras do Didi deverá ter novos programas em vez de uma atração fixa. Os humoristas do Casseta devem fazer participações em outros programas da emissora. 

Futebol + Bandido = FUDIDO.

Facebook.

Delírios de Mim Mesma.

Ando tão delirante esses dias!!! Hehehehehehehe


Luz é Para os Fortes.

Delírios de Mim Mesma.


Aviso aos navegantes:

"Domingo será feita a ligação final do Segundo Linhão de Transmissão Elétrica, pela Eletroacre. Início da Operação será dia 09/12/2012. Então, no domingo, diversas áreas estarão com energia interrompida por 4 horas, das 7 horas, às 11...após esse período, esperamos redução expressiva das perdas de energia..." Extraído do facebook do Governador Tião Viana.

A visão sobre uma possível melhoria nos serviços de energia elétrica anda um tanto quanto romântica. 

A realidade é que enquanto a tarifa aumenta, a luz diminui. E esse aumento imoral faz com que a luz deixe de ser um artigo de necessidade básica para se tornar um artigo de luxo.


MÃEZINHA me perdoa, mas preciso perder a compostura.

Como diria meu poeta Gabriel O Pensador:


_ A que ponto nós chegamos hein, P[]T@ Q[]3 0 P@R1[]!!!
.
.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Seja...

Delírios de Mim Mesma.



Seja o sol para aquecê-la, 
A lua para encantá-la, 
A chuva para refrescá-la 
E o seu vendaval de paixão.

Seja o abrigo da chuva que não cessa, 
O remédio para curar a dor, 
O alimento para a alma, 
E a luz para a escuridão.

E enquanto você for tudo isso, peça pra que ela seja também.

Se curem, se namorem, se amem e vivam até que os dias aqui se findem e seus olhos acordem para uma nova vida. 

Revendo Conceitos.

Um Sábado Qualquer.

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Dia Nacional do Combate ao Câncer.


Hoje é Dia Nacional do Combate ao Câncer.
Fazer exames periódicos ajuda a detectar o câncer na fase inicial, aumentando suas chances de cura

10 Suplementos Alimentares Para Aumentar Sua Inteligência.


Quem faz academia sabe como o uso de suplementos pode ajudar muito no ganho de massa muscular e na melhora de desempenho. Contudo, também sabe que eles não fazem milagre (um cara magro não vai se tornar um dublê de Arnold Schwarzenegger só porque começou a tomar creatina).


O mesmo vale para os suplementos destinados a fortalecer a inteligência: eles têm efeitos notáveis (se forem usados corretamente), mas não garantem que você vá ganhar o próximo Nobel de Física.

Aumento da capacidade de concentração, memória, processamento de informação visual e de atenção estão entre os vários benefícios que esses suplementos podem trazer.



ATENÇÃO: Antes de passarmos para a lista, porém, vale a pena fazer algumas ressalvas: em primeiro lugar, é importante que você consulte seu médico antes de usar qualquer um deles, para saber se está saudável o suficiente para usá-los e se não está sujeito a efeitos negativos (como reações alérgicas); a lista contém sugestões de doses, mas o ideal é seguir as doses recomendadas na bula do produto, se houver; com exceção dos itens 2 e 4, os estudos indicam efeitos para suplementos consumidos isoladamente, por isso não consuma dois ou mais sem orientação, pois um pode anular o efeito dos outros (ou, até mesmo, causar reações negativas); por fim, lembramos que cada organismo funciona em um ritmo próprio e, por isso, os suplementos podem demorar para surtir efeito (ou o contrário, dependendo do caso).
Dito isso, vamos à lista:
1 – CREATINA

Esse suplemento é popular entre os frequentadores de academia porque aumenta o poder muscular (já que ajuda a dar energia às células do corpo e auxilia no crescimento das fibras dos músculos), mas seus benefícios não se restringem ao físico: estudos mostram que a creatina pode fortalecer a memória e a atenção, pois ajuda a dar energia ao cérebro.

2 – CAFEÍNA + L-TEANINA

A cafeína sempre foi alvo de controvérsias, uma vez que seu consumo não apenas tem efeito estimulante (temporário, vale dizer), mas também pode causar ansiedade e aumento de pressão. Para driblar esse lado negativo e, ainda por cima, conseguir efeitos mais duradouros (como reforço da memória de trabalho, aumento do poder de processamento de informação visual e redução da tendência a se distrair), recomenda-se que ela seja consumida em conjunto com L-Teanina. Esse aminoácido é normalmente encontrado no chá-verde, mas em doses baixas (de 5 a 8 mg em uma xícara). Assim, cientistas sugerem o consumo de 50 mg de cafeína (uma xícara, em média) e 100 mg de L-Teanina (dose encontrada em suplementos).

3 – CHOCOLATE AMARGO (FLAVONOIDES)

É importante destacar que estamos nos referindo aos chocolates com alta concentração de cacau (em torno de 90%) e com pouco açúcar (este, inclusive, enfraquece os efeitos positivos que vamos listar), não aqueles que as pessoas costumam comprar. O cacau contém um tipo específico de flavonoide que estimula processos neurológicos relacionados a memória e aprendizado. Para ter esses benefícios, recomenda-se comer de 35 a 200 gramas por dia (não de uma vez, é claro).

4 – PIRACETAM E COLINA

O piracetam é normalmente prescrito para pacientes com doença de Alzheimer, depressão ou esquizofrenia, mas também é usado por outras pessoas para aumentar a ação do neurotransmissor aceticolina – e, assim, fortalecer a clareza mental, a memória espacial e outras funções cerebrais. Contudo, para se obter esses efeitos, é preciso ingerir piracetam em conjunto com colina, um nutriente essencial solúvel em água: 300 mg de cada, três vezes ao dia, é a dose recomendada por especialistas.

5 – ÁCIDOS GRAXOS ÔMEGA-3

Encontrados em nozes, óleo de peixe, sementes de linho e grãos de feijão, esses ácidos vêm sendo usados há tempos para combater o declínio de funções neurológicas relacionadas ao envelhecimento e a doenças como a de Alzheimer. Recentemente, um estudo mostrou que os efeitos obtidos também podem ocorrer em adultos saudáveis, além de melhorar o ânimo e aumentar a capacidade de foco. Recomenda-se o consumo de 1,2 g a 2,4 g por dia (uma ou duas cápsulas de óleo de peixe).

6 – BACOPA MONNIERI

Essa planta é normalmente encontrada no norte da Índia, e há séculos é usada com diversas finalidades (para o fortalecimento da memória e do aprendizado, como analgésico, antipirético, anti-inflamatório e sedativo). Uma dose saudável é a de 150 mg por dia.

7 – EXTRATO DE GINKGO BILOBA

Vindo da samambaia (planta considerada um “fóssil vivo”, já que não tem “parentes”), o extrato de Ginkgo Biloba é, do mesmo modo que a cafeína, um suplemento cercado de controvérsias: por um lado, ele é usado para fortalecer a memória e a concentração; por outro, há estudos que contestam sua eficácia e sua capacidade de reduzir os sintomas da doença de Alzheimer. Normalmente é usado em conjunto com a Bacopa Monnieri, mas a combinação também é vista com desconfiança por alguns pesquisadores.

8 – GINSENG ASIÁTICO

A lista de possíveis benefícios dessa planta não é das menores: reforço da memória de trabalho e da atenção, melhora do humor e redução da ansiedade e da fadiga. Recomenda-se em torno de duas doses diárias de 500 mg.

9 – RHODIOLA ROSEA

Além de fortalecer a cognição e a memória, a Rhodiola Rosea pode diminuir a fadiga e a ansiedade – efeitos que habitantes da Rússia e da Escandinávia vêm aproveitando há séculos. Você pode consumir entre 100 e 1.000 mg por dia, mas em duas doses iguais.

10 – SALVIA LAVANDULAEFOLIA

Comum na Espanha e no norte da França, a Salvia Lavandulaefolia é uma erva aromática que reforça os efeitos do neurotransmissor acetilcolina e, assim, melhora o humor e a memória de adultos saudáveis e de portadores da doença de Alzheimer, além de atuar como ansiolítico, antidepressivo e antioxidante. Recomenda-se o consumo de 300 mg de folhas secas por dia.[io9]

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Sem Deixar Rastros - Harlan Coben.


Classificação Pessoal: Ótimo.

Um dos autores mais lidos do mundo, Harlan Coben leva seu premiado personagem Myron Bolitar a reviver lembranças intensas e dolorosas de seus tempos de atleta. 

Myron Bolitar parecia destinado a uma carreira de sucesso na NBA quando uma lesão no joelho o afastou definitivamente das quadras. Porém, 10 anos depois, o agente esportivo, que também atua como detetive nas horas vagas, está de volta ao jogo - não para cumprir seu destino como astro do basquete, mas para desvendar mais um mistério. 

O ídolo dos Dragons de Nova Jersey Greg Downing, principal adversário de Myron na época da faculdade, desapareceu sem deixar rastros pouco antes das finais do campeonato nacional. À frente do caso, Myron trabalhará infiltrado entre os jogadores para tentar obter informações que o levem ao paradeiro do antigo rival, com quem também competiu pelo amor de uma mulher. 

O que a princípio parece um típico desaparecimento vai ganhando contornos inesperados à medida que a investigação avança, reacendendo em Myron lembranças que ele nunca imaginou ter que reviver. 

Com a ajuda de seus fiéis escudeiros, o excêntrico Win e a ex-lutadora profissional Esperanza, ele comprovará que seus piores pesadelos estão mais vivos do que nunca. E, em meio ao glamour da NBA e a criminosos da pior espécie, vai descobrir coisas sobre si mesmo que mudarão sua vida para sempre. 

O astro da NBA Greg Downing desapareceu misteriosamente. No porão de sua casa há sangue por toda parte. A última pessoa com quem falou foi encontrada morta e sujeitos mal-encarados vigiam sua residência. 

Descontente com o sumiço da principal estrela de sua equipe, o dirigente dos Dragons de Nova Jersey decide recorrer aos serviços de Myron Bolitar. A fim de desviar a atenção da imprensa e não levantar suspeitas, opta por uma estratégia inusitada: contrata o agente esportivo para jogar no seu time, o que para Myron significa uma surpreendente volta às quadras 10 anos depois. 

Ao mergulhar na turbulenta vida de Greg, antigo adversário dos tempos de faculdade, o investigador fica cada vez mais perplexo diante de fatos que parecem não se encaixar e personagens que à primeira vista não deveriam ter qualquer relação entre si. 

Para descobrir o que se esconde por trás dessa história sombria e cheia de reviravoltas - da qual ele próprio acaba sendo uma peça fundamental -, Myron precisará reviver antigas dores e enfrentar velhos demônios em meio a cadáveres, chantagistas e mafiosos. 

"Que a Sorte Esteja de Novo, Outra Vez e Sempre ao Seu Favor".

Delírios de Mim Mesma.


O Ministério da Leitura Adverte: Esse texto contém SPOILERS. 

O termo se refere a qualquer fragmento de uma fala, texto, imagem ou vídeo que se encarregue de fazer revelações de fatos importantes, ou mesmo, do próprio desfecho da trama de obras.



No delírio "Que a Sorte Esteja Sempre ao Seu Favor" eu disse que voltaria aqui quando terminasse de ler o livro Esperança - Suzanne Collins. E promessa dada é promessa cumprida.

Tá difícil, tá muito difícil olhar para outro livro e me imaginar tão absorvida na leitura como estive na trilogia Jogos Vorazes.

Passei um mês sendo acometida das mais variadas sensações: tensão, dor, raiva, fome, amor, ódio, horror, e em raríssimos momentos senti alegria e felicidade.

Nesse último livro ouvi muito que a autora só podia ser psicopata. Em muitos trechos tive a certeza de sua psicopatia, e no final tive a certeza de minha tendência masoquista. Mesmo sentindo horror, tensão e dor não conseguia parar de ler, e quando tudo acabou, ao invés de me sentir aliviada com o desfecho, fiquei com a enorme necessidade de mais, só não sabia que mais era esse.

Não fiquei sem dormir como a Carol, e não fiquei esperando o tiro do canhão como a Mirella, mas sei que terei abstinência e dificuldade para me desligar da estória e ler outro livro, como a Izabelli e a Renata.

Serei mais uma viúva de Cinna e de Finnick, e no caso de Finnick, uma viúva desapontada com a pouca importância dada a sua morte, e ao mesmo tempo feliz por que Annie terá um filho seu. 

Serei mais uma sofredora pela morte de Prim e pior, ficarei na eterna dúvida se foi a armadilha de Gale que a matou.

Serei feliz por saber que Katniss e Peeta conseguiram se unir e de sua união nasceram dois bebês. 

E serei mais humana por saber que embora seja uma ficção, as mortes só obedeceram a dinâmica de uma guerra real, e que o final não foi nenhum "felizes para sempre", mas um vencemos com sequelas para o que nos resta de vida.

"O pensamento em prol do coletivo normalmente possui vida curta. Somos seres volúveis e idiotas com uma péssima capacidade para lembrar das coisas e com uma enorme volúpia pela autodestruição". Plutarch - A Esperança.

Que a sorte esteja sempre ao seu favor!!!

Quem Manda.

Veja.


N.B.: Sou fã de carteirinha de Dilminha!
Até quem não é, tem que concordar que a mulher é "cabra macho sim sinhô".
Governar com pulso firme depois de um governo tão condescendente como foi o de Lula, não é pra qualquer um não.



Dilma: batendo na mesa
Em dado momento da reunião com as bancadas do PTB e do PR na semana passada, um senador citou nomeações que o PT fizera no governo, Dilma Rousseff bateu na mesa, cortou sua palavra e disse com todas as letras:
- O PT não manda no meu governo; quem manda no meu governo sou eu.
Por Lauro Jardim

domingo, 25 de novembro de 2012

Aquela Dos 30 - Sandy.

"Sou jovem pra ser velha,
E velha pra ser jovem!!!" Sandy. 


Sei comé!!! Hehehehehe




Hoje já é quinta-feira
E eu já tenho quase 30
Acabou a brincadeira
E aumentou em mim a pressa
De ser tudo que eu queria e ter
Mais tempo pra me exercer

Tenho sonhos adolescentes
Mas as costas doem
Sou jovem pra ser velha
E velha pra ser jovem
Tenho discos de 87
E de 2009
Sou jovem pra ser velha
E velha pra ser jovem

Hoje já é quinta-feira
E há pouco eu tinha quase 20
Tantos planos eu fazia
E eu achava que em 10 anos
Viveria uma vida
E não me faltaria tanto pra ver

Tenho sonhos adolescentes
Mas as costas doem
Sou jovem pra ser velha
E velha pra ser jovem
Tenho discos de 87
E de 2009
Sou jovem pra ser velha
E velha pra ser jovem

Tempo falta
E me faz tanta falta
Preciso de um tempo maior
Que a vida que eu não tenho toda pela frente
E do tamanho do que a alma sente

Tenho sonhos adolescentes
Mas as costas doem
Sou jovem pra ser velha
E velha pra ser jovem
Tenho discos de 87
E de 2009
Sou jovem pra ser velha
E velha pra ser jovem 

Tenho sonhos adolescentes
Mas as costas doem
Sou jovem pra ser velha
E velha pra ser jovem
Dou valor ao que a alma sente
Mas já curti Bon Jovi
Sou jovem pra ser velha
E velha pra ser jovem

Já é quase meia-noite
Quase sexta-feira
E me falta tanto ainda

Link: Vagalume.

Idosos Cantam e Dançam “Call Me Maybe”, de Carly Rae Jepsen, em Casa de Repouso.



Depois de um time inteiro de beisebol, do Barack Obama, da Katy Perry, de um humorista de barba e biquíni e do elenco inteiro da série “The Big Bang Theory” terem cantado o hit “Call Me Maybe”, de Carly Rae Jepsen, chegou a vez de idosos da Waverley Mansion, uma casa de repouso em Londres, no Canadá, brilharem. Vinte moradores do local dublam a música em um vídeo visto mais de 120 mil vezes em uma semana.

“A resposta tem sido muito positiva. Pessoas têm ligado de todo o mundo, apenas para dizer ‘Eu vi o seu vídeo, ele trouxe um sorriso ao meu rosto. Grande trabalho’”, disse Sarah Urquhart, coordenadora de recreação de Waverley, em entrevista ao site local London Free Press. Ela mesma que produziu e editou o vídeo, ideia divertida para deixar os idosos mais familiarizados com a tecnologia. E deu certo. “Nós não sabíamos que seria tão grande. Isso colocou Waverley no mapa”, disse Gerry Embury, de 77 anos, um dos moradores que participaram do projeto.


“Eu não sabia nem o que era YouTube”, disse Betty Murphy, 88 anos, que nunca imaginou um dia participar de um vídeo de música. “A ideia mostra que a casa de repouso é um lugar divertido e que os idosos não ficam sentados em seus quartos o dia todo.” O sucesso fez a coordenadora Sarah pensar já na próxima produção: um vídeo de dança com o hit do pop star sul-coreano Psy, o “Gangnam Style”. “Todo mundo quer estar no próximo”, disse ela. “Só porque eles são idosos não significa que eles não podem se divertir.” Demais, não?

Catch My Breath - Kelly Clarkson.

sábado, 24 de novembro de 2012

Quais Foram as Torturas Utilizadas na Época da Ditadura Militar no Brasil?



Uma pesquisa coordenada pela Igreja Católica com documentos produzidos pelos próprios militares identificou mais de cem torturas usadas nos "anos de chumbo" (1964-1985). Esse baú de crueldades, que incluía choques elétricos, afogamentos e muita pancadaria, foi aberto de vez em 1968, o início do período mais duro do regime militar. A partir dessa época, a tortura passou a ser amplamente empregada, especialmente para obter informações de pessoas envolvidas com a luta armada. Contando com a "assessoria técnica" de militares americanos que ensinavam a torturar, grupos policiais e militares começavam a agredir no momento da prisão, invadindo casas ou locais de trabalho. A coisa piorava nas delegacias de polícia e em quartéis, onde muitas vezes havia salas de interrogatório revestidas com material isolante para evitar que os gritos dos presos fossem ouvidos. "Os relatos indicam que os suplícios eram duradouros. Prolongavam-se por horas, eram praticados por diversas pessoas e se repetiam por dias", afirma a juíza Kenarik Boujikain Felippe, da Associação Juízes para a Democracia, em São Paulo. O pau comeu solto até 1974, quando o presidente Ernesto Geisel tomou medidas para diminuir a tortura, afastando vários militares da "linha dura" do Exército. Durante o governo militar, mais de 280 pessoas foram mortas - muitas sob tortura. Mais de cem desapareceram, segundo números reconhecidos oficialmente. Mas ninguém acusado de torturar presos políticos durante a ditadura militar chegou a ser punido. Em 1979, o Congresso aprovou a Lei da Anistia, que determinou que todos os envolvidos em crimes políticos - incluindo os torturadores - fossem perdoados pela Justiça. :-(
tortura
Arquitetura da dorTorturadores abusavam de choques, porradas e drogas para conseguir informações
Cadeira do dragão
Nessa espécie de cadeira elétrica, os presos sentavam pelados numa cadeira revestida de zinco ligada a terminais elétricos. Quando o aparelho era ligado na eletricidade, o zinco transmitia choques a todo o corpo. Muitas vezes, os torturadores enfiavam na cabeça da vítima um balde de metal, onde também eram aplicados choques
Pau-de-arara
É uma das mais antigas formas de tortura usadas no Brasil - já existia nos tempos da escravidão. Com uma barra de ferro atravessada entre os punhos e os joelhos, o preso ficava pelado, amarrado e pendurado a cerca de 20 centímetros do chão. Nessa posição que causa dores atrozes no corpo, o preso sofria com choques, pancadas e queimaduras com cigarros
Choques elétricos
As máquinas usadas nessa tortura eram chamadas de "pimentinha" ou "maricota". Elas geravam choques que aumentavam quando a manivela era girada rapidamente pelo torturador. A descarga elétrica causava queimaduras e convulsões - muitas vezes, seu efeito fazia o preso morder violentamente a própria língua
Espancamentos
Vários tipos de agressões físicas eram combinados às outras formas de tortura. Um dos mais cruéis era o popular "telefone". Com as duas mãos em forma de concha, o torturador dava tapas ao mesmo tempo contra os dois ouvidos do preso. A técnica era tão brutal que podia romper os tímpanos do acusado e provocar surdez permanente
Soro da verdade
O tal soro é o pentotal sódico, uma droga injetável que provoca na vítima um estado de sonolência e reduz as barreiras inibitórias. Sob seu efeito, a pessoa poderia falar coisas que normalmente não contaria - daí o nome "soro da verdade" e seu uso na busca de informações dos presos. Mas seu efeito é pouco confiável e a droga pode até matar
Afogamentos
Os torturadores fechavam as narinas do preso e colocavam uma mangueira ou um tubo de borracha dentro da boca do acusado para obrigá-lo a engolir água. Outro método era mergulhar a cabeça do torturado num balde, tanque ou tambor cheio de água, forçando sua nuca para baixo até o limite do afogamento
Geladeira
Os presos ficavam pelados numa cela baixa e pequena, que os impedia de ficar de pé. Depois, os torturadores alternavam um sistema de refrigeração superfrio e um sistema de aquecimento que produzia calor insuportável, enquanto alto-falantes emitiam sons irritantes. Os presos ficavam na "geladeira" por vários dias, sem água ou comida

Pornô Light: Especialistas Comentam a Onda de Livros Eróticos Que Caiu no Gosto Feminino.




Um novo verbete entrou no dicionário Collins da língua inglesa no mês passado. Trata-se da expressão mommy porn, cuja definição é "literatura erótica para mulheres comuns, gente como a gente". O termo foi consagrado pelo livro Cinquenta Tons de Cinza, a trilogia escrita pela inglesa E.L. James, que bateu recordes assombrosos de venda ao misturar narrativas de cenas sexo recheadas de sadomasoquismo com uma história de amor. Foram 40 milhões de cópias vendidas desde o lançamento nos Estados Unidos, em março, metade delas em formato digital. As brasileiras também ficaram alvoroçadas com a novidade. "Sabíamos que o livro seria bem aceito. Ainda que a história seja picante e o sexo esteja presente o tempo todo, trata-se de um grande romance", defende Bruno Porto, editor de aquisições da Intrínseca, que publicou a obra por aqui e planeja vender 1 milhão de cópias no país. Tamanho sucesso levou outras editoras do mundo todo a lançar os próprios romances do gênero na tentativa de aproveitar o frisson. Dezenas de títulos surgem a cada semana. No Brasil, a editora Paralela, por exemplo, investiu na trilogia Crossfire, de Silvia Day; a Jardim dos Livros apostou no picante Loucamente Sua, de Rachel Gibson; a Best Seller lançou Cinquenta Tons de Prazer, de Marisa Benett — todas autoras americanas. A lista é vasta.
Entre os analistas do fenômeno, há quem diga que o sucesso do mommy porn se deve à internet: os e-books garantem que moçoilas e senhoras leiam as histórias mais escabrosas em seus tablets sem que ninguém saiba o que estão saboreando. Graças aos e-books também, a enorme demanda pelo produto pôde ser atendida — a primeira versão foi publicada por uma pequena editora australiana, incapaz de imprimir cópias em grande escala. Também há quem atribua a força das vendas ao fato de as mulheres estarem em maioria nos grupos virtuais de leitura, onde o boca a boca corre rápido. Os estudiosos do comportamento feminino argumentam, ainda, que a demanda feminina por produtos pornôs estava represada e já dava há tempos sinais de que iria explodir. A literatura erótica seria, portanto, uma espécie de reação natural de consumidoras já emancipadas depois de uma série de mudanças comportamentais. Para entender todas as sutilezas desse fenômeno, conversamos com especialistas de diferentes áreas e países. Todos concordam que vivemos um momento histórico singular, que deve ser comemorado: nos libertamos de muitos tabus, assumimos que gostamos de sexo e estamos buscando, em massa, caminhos individuais para o prazer.
Pornô vintage
Os desenhos que ilustram esta reportagem são de Carlos Zéfiro, pseudônimo do funcionário público carioca Alcides Aguiar Caminha. Dos anos 1950 aos 1970, ele publicou quadrinhos eróticos de grande sucesso. Os livretos, vendidos em bancas, alcançaram tiragens de 30 mil exemplares. Apesar de refletir o espírito do seu tempo, recheando a maioria de suas histórias com homens viris e mulheres submissas, Zéfiro às vezes incluía personagens femininas fortes, que não se inibiam em buscar seu prazer. Mas, na época, se havia garotas entre seus leitores -— e, certamente, havia as audaciosas —, elas tinham de fazer isso às escondidas.