segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Com Gasto de R$ 597 Milhões do TSE e Despesas de Candidatos, Brasil Terá a Eleição Mais Cara da História.



  • Mais de 138 milhões de brasileiros irão votar nas 501 mil urnas eletrônicas espalhadas pelo país
    Mais de 138 milhões de brasileiros irão votar nas 501 mil urnas eletrônicas espalhadas pelo país
O custo das eleições para prefeito e vereador neste ano nos 5.568 municípios brasileiros será o mais alto da história do país. O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) conta com a dotação orçamentária de R$ 597 milhões para custear todo o processo, incluindo primeiro e segundo turno, contra os R$ 480 milhões que foram consumidos nas eleições de 2010, para presidente, governador, senador e deputado federal e estadual.
Os recursos consumidos pelas candidaturas com as campanhas também batem recorde. De acordo com dados entregues ao TSE, apenas nas capitais, a soma da previsão de gastos de todos os candidatos a prefeito nessas 26 cidades (excetuando Brasília, que não tem eleição municipal) é de R$ 1,25 bilhão. Em 2010, os gastos declarados pelos candidatos a governador dos 26 Estados e do DF somaram R$ 735 milhões.
Neste domingo (7), das 8h às 17h, os 138.544.348 de eleitores espalhados pelo país terão de escolher na urna eletrônica seus representantes para os próximos quatros anos, entre os 15.730 candidatos a prefeito e os 449.756 candidatos a vereador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário