quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Receita Saudável: Gelado de Morango.


Ingredientes:


 
• 2 colheres e 1/2 (sopa) de Shake Herbalife sabor Morango Cremoso
• 250ml de leite semidesnatado gelado
• 5 folhas médias de hortelã fresca lavadas
• 1 colher de café de raspa da casca da laranja
• 1 colher (sopa rasa - 6g) de Pó de Proteína Herbalife
• Opcional: 2 pedras de gelo


Modo de preparo:

Coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata até a bebida ficar homogênea.
Sirva em seguida.
Decorar com folhinhas de hortelã.

Calorias:

232 kcal (as especiarias não acrescentam calorias à preparação).

Sugestão:

Adicione pedras de gelo e bata junto no liquidificador.


Lindsay Lohan Aparece Bem Diferente em Nova York.

Ego.

Lindsay Lohan chamou a atenção mais uma vez ao circular por Nova York, nos Estados Unidos. Com o rosto mais arredondado e aparentemente inchado, a atriz parecia outra pessoa. Nesta terça-feira, 28, Lindsay foi a um restaurante italiano. As fotos são da agência “X17”.



"Por Meio Milhão eu Poso Para a 'G Magazine'", Diz Yuri.

UOL.

Yuri se exercita na academia da casa do "BBB"
após vencer o paredão que disputou com
Rafa (28/2/12)




Após vencer o paredão que eliminou o carioca Rafa, na noite desta terça-feira (28), Yuri se juntou aos brothers na academia da casa. Enquanto pedalava na bicicleta, o goiano entregou que por uma boa quantia de dinheiro posaria nu em uma revista masculina.

Brincando com Fael, que começou a fazer exercícios físicos no reality show, Yuri disparou: "Está querendo ficar mais gostoso pra posar nu quando sair?".

Fael negou e disse que nem por muito dinheiro faria isso. O professor de Muay Thai mostrou pensar diferente do veterinário: "Por meio milhão eu poso para a 'G Magazine'".

Yuri, que assim como Kelly recebeu quatro votos dos colegas de confinamento, foi para o paredão pelo voto de minerva da líder Fabiana que escolheu Rafa para mandar para a berlinda.

Conar Deve Julgar Suposto Racismo em Anúncio de Azeite Gallo.

Folha.

Conar, conselho que regulamenta a publicidade, deve julgar em breve representação contra um anúncio do azeite Gallo acusado de supostamente incorrer em racismo, informa a coluna de Mônica Bergamo, publicada na Folha desta quarta-feira.

A peça, que promovia nova embalagem do produto, dizia: "O nosso azeite é rico. O vidro escuro é o segurança".

A AlmapBBDO, responsável pela campanha, diz que só comentará quando o caso for a julgamento pelo Conar.


 

Uma Festa Para Aline.


Para a jovem Aline Nascimento o momento ficará registrado para (Val Fernandes)
Uma data que marca a transição entre a infância e a adolescência. E para a jovem Aline Nascimento o momento ficará registrado para sempre. Ela foi homenageada nesta terça-feira, 28, quando completou 15 anos. A festa organizada pelo governo do Estado e prefeitura de Rio Branco aconteceu no espaço do Ginásio Coberto.

Aline mora no bairro Airton Sena na capital acreana, a mãe trabalha como empregada doméstica para sustentar a família. Elas fazem parte do grupo de pessoas que foram atingidas pela enchente. Na segunda-feira, 27, quando o governador vistoriou o abrigo, para verificar as condições em que as famílias estão alojadas, e os serviços prestados, a jovem foi conversar com Tião Viana, dizendo que faria aniversário hoje.

O governador percebeu que a menina estava lendo um livro, e se comprometeu a enviar outro para leitura posterior. E nesta terça-feira, além do livro a jovem ganhou uma festa. Tudo foi organizado de forma com que Aline se sentisse especial. Uma equipe da Casa Rosa Mulher esteve no abrigo para maquiar e pentear a jovem. “Um dia de princesa. Nos preocupamos em estimular esta jovem a sonhar e fazer planos para o futuro”, disse a coordenadora da Casa Rosa Mulher, Rosi Scalabrini.

O evento foi prestigiado pelo prefeito Raimundo Angelim. Segundo ele o momento é bastante especial e simbólico. “Neste momento em que precisamos reconstruir nossa cidade, é salutar comemorar o aniversário de uma jovem. Isso nos dá esperança. Venho também representar o governador Tião Viana, que estava vindo pra cá, mas precisou cuidar de uma situação de emergência”.

Foto: Val Fernandes

A jovem não conseguiu contar a emoção ao agradecer pela festa. “Tenho motivos para estar triste, por causa da alagação, mas ao mesmo tempo estou feliz. A emoção é tão grande, que não consigo expressar com palavras. Vou estudar cada vez mais para alcançar minha meta de ser advogada. É bom saber que os governantes estão empenhados em amenizar nosso sofrimento”, disse.

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Real in Rio, Música Que Representa o Brasil no Oscar 2012.

Composta por Sergio Mendes, Carlinhos Brown, John Powell, Mikael Mutti e Siedah Garrett, a música "Real in Rio" representará o Brasil na edição 2012 do Oscar, concorrendo na categoria melhor canção original. A faixa é trilha sonora do filme "Rio".

Veja Lista de Animais Capturados Que Assustam Pelo Tamanho.

G1.

Em janeiro de 2011, um rato de quase 1 metro de comprimento foi capturado em uma loja no bairro do Bronx, em Nova York (EUA). (Foto: Reprodução)Em janeiro de 2012, um rato de quase 1 metro de comprimento foi capturado em uma loja no bairro do Bronx, em Nova York (EUA). (Foto: Reprodução)


Um porco selvagem gigante, que atacava até vacas na Austrália, foi abatido pelo fazendeiro John Anick em 2006 em uma fazenda próximo a Newman. (Foto: Reprodução)Em 2006, um porco selvagem gigante, que atacava até vacas na Austrália, foi abatido pelo fazendeiro John Anick em uma fazenda próxima a Newman, a 1.200 km de Perth. (Foto: Reprodução)


Em setembro de 2011, um crocodilo de mais de 6 metros e uma tonelada foi capturado em Bunawan, nas Filipinas. (Foto: Reuters)Em setembro de 2011, um crocodilo de mais de 6 metros e uma tonelada foi capturado em Bunawan, nas Filipinas. (Foto: Reuters)


Em 2007, um barco de pesca neozelandês capturou a maior lula gigante já vista. Com olhos tão grandes quanto pratos e ganchos afiados na ponta de seus tentáculos, a criatura pesava 450 kg e foi capturada em águas antárticas. (Foto: Reuters)Em 2007, um barco de pesca neozelandês capturou a maior lula gigante já vista. Com olhos tão grandes quanto pratos e ganchos afiados na ponta de seus tentáculos, a criatura pesava 450 kg e foi capturada em águas antárticas. (Foto: Reuters)


Exemplar de caranguejo-gigante japonês, encontrado no Oceano Pacífico no ano de 2009. A idade do animal é estimada em 40 anos. Conhecido como 'crabzilla', o animal está em turnê pelo mundo e passa pela cidade de Scheveningen, na Holanda, no momento. (Foto: AFP PHOTO / ANP / MARCEL ANTONISSE )
Exemplar de caranguejo-gigante japonês, encontrado no Oceano Pacífico no ano de 2009. Na época, a idade do animal foi estimada em 40 anos. Ele ganhou o apelido de 'crabzilla'. (Foto: Marcel Antonisse/ANP/AFP)

“Sou Gorda e Aprendi a Amar o Meu Corpo”.


Por Patricia Moterani


Quando a norte-americana Jenn Leyva tinha 16 anos, seu pai lhe disse que, se ela perdesse peso, ganharia um carro de presente. Ela chorou, foi para seu quatro, terminou a lição de casa, deixou a casa da família e hoje vive em Nova York, onde é ativista das mulheres acima do peso e estuda bioquímica – para, entre outras coisas, entender a composição das moléculas de gordura.

Também mantém o Tumblr Fat and the Ivy , onde relata suas dores e delícias por ter quilos a mais do que o considerado “normal” por nossa sociedade. Foi lá que achei o texto que reproduzo a seguir, sobre a experiência de aprender a amar um corpo que todo mundo a ensinou a rejeitar. É um depoimento importante pela reflexão que traz. Confira e deixe sua opinião nos comentários:

“Quando chega o dia da minha aula de balé, 30 minutos antes, o medo e o pavor tomam conta dos meus pensamentos. Isso acontece porque tenho de escolher minha roupa e, embora tenha um armário bem abastecido, nunca fico contente com o resultado. Gasto pelo menos 20 minutos vasculhando minhas gavetas em busca de uma roupa que não existe. Procuro algo bacana, que fique bem em mim, mas me dou por vencida e acabo sempre optando pelo mesmo shorts masculinos e camisetas oversized.

Em seguida, começo a sentir medo de olhar meu corpo no espelho quando chegar à aula, ou de acabar me comparando a outras colegas. Penso em ficar na última fila, o mais longe possível dos espelhos. Quero evitar ser surpreendida pela visão de minha papada. Ou de minha barriga escapando da camiseta.

Nessa hora, tenho de me lembrar que, sim, sou bonita e, mais importante, digna de estar naquela classe com as outras meninas. Lembrar que amo meu corpo e que posso sentir prazer em movê-lo. Que posso ter esse momento e encontrar a beleza em mim.

Eu detesto classificar estes problemas (sim, eu reconheço que eles são problemas) como uma questão de “imagem corporal”. ”Imagem corporal” não diz respeito exatamente à imagem dos corpos. Mas sobre as relações que temos com eles. É sobre como os olhamos, como eles se movem, como os sentimos e os tratamos.


Na maioria dos debates que presenciei sobre isso, percebi que todos culpam os meios de comunicação e a publicidade por exporem as meninas a padrões impossíveis de alcançar – e assim deturpar a tal “imagem corporal” que temos. Mas mais do que vender produtos, esses estímulos midiáticos levam as pessoas a terem hábitos pouco saudáveis: dietas loucas, alimentação desordenada, uso de remédios não confiáveis, cirurgias desnecessárias.

E, no entanto, muitos desses comportamentos já me foram recomendados por profissionais da saúde. Veja, não sou obesa mórbida, embora os quilos a mais me acompanhem desde criança. Quando eu tinha oito anos, um médico chegou a ter uma conversa séria com meus pais, para alertá-los de que eu era “grande” demais para minha altura. Foi quando me deu uma lista com 10 dicas para que eu começasse uma dieta.

Era para ter sido um gesto qualquer, sem grandes implicações, mas tornei uma obcecada pela lista. Ali, enxerguei meu corpo como uma falha pessoal, e essa lista era chance que eu tinha de me redimir. Passei a seguir à risca as orientações, e a partir daí minha adolescência se encheu de consultas médicas com todos os tipos de especialistas, dietas mirabolantes, choros escondidos. Os médicos tratavam meu corpo como se ele fosse uma doença, e acreditei neles. Eu acreditava que minha gordura corporal significava que eu estava sobrando no mundo. Que era preguiçosa, desleixada, alguém em quem não devíamos confiar. Que, por isso, eu mesma não deveria confiar em mim. Mesmo quando sentia fome, não me sentava à mesa; não queria agravar esse problema.



Com o tempo, entendi que deveria me afastar dos tratamentos convencionais ditos de saúde caso quisesse de fato resolver meu problema de “imagem corporal”, pois eles eram consequência direta do entendimento errado que os médicos tinham de minha situação. Eu não tinha um problema; era apenas diferente. Para entrar em paz com meu corpo, tive de rejeitar tudo o que conhecia até então.

Passei eu mesma a escolher meus médicos e a estabelecer firmes limites nessas relações. Dizia claramente: “Não quero dietas. Quero uma alimentação adequada”. Assim, fui aprendendo a amar o meu corpo, minha flacidez, o jeito como meus músculos reagem aos movimentos. Abracei meus quilos a mais. E fiz isso porque me preocupo demais com meu corpo, com o relacionamento que construí com ele.

Quando estou na barra de balé, prestes a começar minha aula semanal, lembro-me de que, ainda que seja difícil, é importante que eu ame meu corpo. Que devo apreciar a graça dos meus movimentos. À medida em que começo a dançar, a saltar, percebo de que há poder no meu corpo: minhas pernas são saudáveis e me empurram para cima rapidamente, facilitando também o retorno.

Mesmo assim, ainda que eu tenha toda essa consciência, admito que tenho medo de ver, mesmo que de relance, algo feio no espelho. Até agora, no entanto, só vi o meu corpo. Meu corpo curvilíneo, gordo, mas bonito.”

RIO BRANCO, UMA CIDADE DO BARULHO.

José Carlos dos Reis Meirelles

Desconfio que, por ter morado na mata por quarenta anos, meus velhos ouvidos ficaram desacostumados a sons muito altos.

Os habitantes da mata, por dever de ofício, são discretos na emissão de sons, tirante os papagaios, araras e outros parentes de bico redondo nos barreiros. Mas também a algazarra não dura o dia todo.

Já aqui, em Rio Branco, os proprietários de alguns (e bote alguns nisso) carros resolveram transformá-los em boates ambulantes.

Não vai aqui nenhuma crítica ao gosto musical dos donos e nem o que ele carrega no porta-malas, que me parece, virou lugar de altos falantes potentes em vez de malas.

Daí o camarada sai pelas ruas da cidade, com o som ligado no máximo volume poluindo a cidade com aquele bummm, bummm, bummm que todos conhecem bem.

O fato, por princípio já é poluição sonora, aumenta o caos sonoro já inevitável das grandes cidades. Você está tirando seu sagrado cochilo, de dia ou de noite, e de repente acorda assustado com sua cama reverberando com o grave.

Não bastasse, em alguns bares desta cidade, estes cidadãos educados se reúnem para tomar uma cervejinha, sagrado direito do trabalhador brasileiro pra desenfastiar as agruras da vida. Abrem o porta-malas e ligam o som no último volume.

Se você deu azar de morar vizinho de um bar desses, sua vida, em casa, vai virar um inferno. O caso é que quando um dono de carro já tomou a sua cerveja, paga a conta e vai embora, zoando pela cidade bummm, bummm, bummm...

Mas, imediatamente, outro freguês abre o porta-mala e bummm, bummm, bummm. E passa o dia, entra a noite e você não consegue descansar, dormir, assistir televisão, conversar, trabalhar e muito menos pensar, dentro da sua casa.

Mas creio que isso acontece por dois motivos: falta de educação é o primeiro. E permissão dos agentes de trânsito, o segundo.

Há poucos dias vi dois policiais militares em motos, com colete verde, que cuidam do trânsito, em frente ao Hospital de Base e um carro passando devagar, bummm, bummm, bummm.... Se pode em frente ao hospital, por que não pode em frente à sua casa?

Mas, enfim, temos a cheia do Rio Acre, a polícia e as autoridades tem muito o que fazer. O velho Acre vai vazar, a vida vai voltar ao normal.

E a cidade vai continuar, dia e noite ouvindo o bummm, bummm, bummm! E eu, morador do bairro do Bosque, vizinho de um bar....

José Carlos dos Reis Meirelles é ex-engenheiro e ex-chefe da Frente de Proteção Etnoambiental da Funai no Acre.

Angelim Decreta Estado de Calamidade Pública em Áreas Afetadas Pela Enchente.


O prefeito Raimundo Angelim decretou estado de calamidade pública nas áreas atingidas pela enchente em do rio Acre em Rio Branco neste domingo, 26. A decisão aconteceu após reunião entre a prefeitura, Defesa Civil estadual e municipal e com o vice-governador César Messias. “O governador Tião Viana também já foi informado sobre esse decreto”, informa o prefeito.

Angelim destaca que o estado de calamidade pública neste caso está decretado apenas para áreas que urbanas e rurais de Rio Branco que foram atingidas pela enchente. De acordo com a Defesa Civil do município, há mais de 37 bairros e 22 comunidades rurais da capital acreana afetados pela enchente do rio Acre.

“Até o meio dia deste domingo o rio chegou à marca de 17,64 metros e esta já é a maior enchente da história da cidade de Rio Branco pelos danos causados a infraestrutura da cidade, à produção agrícola, como também pelo número de edificações atingidas e o número de pessoas afetadas”, detalha Angelim.

O prefeito ressalta que o Governo do Estado e a prefeitura continuarão dando as respostas necessárias a esta situação e lembrou que ainda é imprevisível saber o que a cidade pode sofrer quando for registrada a vazante do rio. “Poder vir a acontecer de erosões, deslizamentos de terra, entre outros. Então, decidimos tomar essa medida, tendo em vista a situação que se encontra as áreas afetadas”, justifica o prefeito.

Veja a Lista de Indicados ao Oscar.



Segundo a opinião de um grupo de artistas e empresários ligados ao cinema em Hollywood , a lista teve surpresas notáveis, como a ausência do espanhol “A pele que habito”, de Pedro Almodóvar, entre os melhores estrangeiros e o longa “Tão forte e tão perto”, de Stephen Daldry, na lista das 9 melhores produções do ano. “A invenção de Hugo Cabret” lidera com 11 indicações.

Melhor Filme
“A Árvore da Vida”
“Os Descendentes”
“Histórias Cruzadas”
“A Invenção de Hugo Cabret”
“O Homem Que Mudou o Jogo”
“Cavalo de Guerra”
“O Artista”
“Meia-Noite em Paris”
“Tão Forte e Tão Perto”

Melhor Direção
Woody Allen - “Meia-Noite em Paris”
Michel Hazanavicius - “O Artista”
Alexander Payne - “Os Descendentes”
Martin Scorsese - “A Invenção de Hugo Cabret”
Terrende Malick - “A Árvore da Vida”

Melhor Ator
Demián Bichir - “A Better Life”
George Clooney - “Os Descendentes”
Jean Dujardin - “O Artista”
Gary Oldman - “O Espião Que Sabia Demais”
Brad Pitt - “O Homem Que Mudou o Jogo”

Melhor Atriz
Glenn Close - “Albert Nobbs”
Viola Davis - “Histórias Cruzadas”
Rooney Mara - “Millennium - Os Homens que Não Amavam as Mulheres”
Meryl Streep - “A Dama de Ferro”
Michelle Williams - “Sete Dias com Marilyn”

Melhor Ator Coadjuvante
Christopher Plummer - “Toda Forma de Amor”
Jonah Hill - “O Homem Que Mudou o Jogo”
Kenneth Branagh - “Sete Dias com Marilyn”
Nick Nolte - “Guerreiro”
Max von Sydow - “Tão Forte e Tão Perto”

Melhor Atriz Coadjuvante
Berenice Bejo - “The Artist”
Jessica Chastain - “Histórias Cruzadas”
Melissa McCarthy - “Missão Madrinha de Casamento”
Janet McTeer - “Albert Nobbs”
Octavia Spencer - “Histórias Cruzadas”

Melhor Animação
“Um Gato em Paris”
“Chico & Rita”
“Kung Fu Panda 2″
“Gato de Botas”
“Rango”

Melhor Filme estrangeiro
Bélgica - “Bullhead” - Michael R. Roskam
Canadá - “Monsieur Lazhar” - Philippe Falardeau
Irã - “A Separação” - Asghar Farhadi
Israel - “Footnote” - Joseph Cedar
Polônia - “In Darkness” - Agnieszka Holland

Melhor Fotografia
“O Artista” - Guillaume Schiffman,
“Os homens que não amavam as mulheres” - Jeff Cronenweth
“A invenção de Hugo Cabret” - Robert Richardson
“A Árvore da Vida” - Emmanuel Lubezki
“Cavalo de Guerra” - Janusz Kaminski

Melhor Direção de Arte
“O artista”
“Harry Potter”
“A invenção de Hugo Cabret”
“Meia-noite em Paris
“Cavalo de guerra”

Melhor Figurino
“Anonymous” - Lisy Christl
“O Artista” - Mark Bridges
“A invenção de Hugo Cabret” - Sandy Powell
“Jane Eyre” - Michael O’Connor
“W.E.” - Arianne Phillips

Melhor Documentário
“Hell and Back Again” - Danfung Dennis and Mike Lerner
“If a Tree Falls: A Story of the Earth Liberation Front” - Marshall Curry and Sam Cullman
“Paradise Lost 3: Purgatory” - Joe Berlinger and Bruce Sinofsky
“Pina” - Wim Wenders and Gian-Piero Ringel
“Undefeated” - TJ Martin, Dan Lindsay and Richard Middlemas

Melhor Curta de Documentário
“The Barber of Birmingham: Foot Soldier of the Civil Rights Movement” - Robin Fryday and Gail Dolgin
“God is the Bigger Elvis” - Rebecca Cammisa and Julie Anderson
“Incident in New Baghdad” - James Spione
“Saving Fac”e - Daniel Junge and Sharmeen Obaid-Chinoy
“The Tsunami and the Cherry Blossom” - Lucy Walker and Kira Carstensen

Melhor Montagem
“O Artista” - Anne-Sophie Bion and Michel Hazanavicius
“Os Descendentes” - Kevin Tent
“Os homens que não amavam as mulheres” - Kirk Baxter and Angus Wall
“A invenção de Hugo Cabret” - Thelma Schoonmaker
“O Homem que mudou o jogo” - Christopher Tellefsen

Melhor Maquiagem
“Albert Nobbs” - Martial Corneville, Lynn Johnston and Matthew W. Mungle
“Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2″ - Nick Dudman, Amanda Knight and Lisa Tomblin
“A Dama de Ferro” - Mark Coulier and J. Roy Helland

Melhor Trilha Sonora Original
“As aventura de Tintim” - John Williams
“O Artista” - Ludovic Bource
“A invenção de Hugo Cabret” - Howard Shore
“O espião que sabia demais” - Alberto Iglesias
“Cavalo de guerra” - John Williams

Melhor Canção
“Man or Muppet”, de “Os Muppets”, música e letra de Bret McKenzie
“Real in Rio”, de “Rio”, música de Sergio Mendes e Carlinhos Brown, letra de Siedah Garrett
Melhor Curta de Animação
“Dimanche/Sunday” - Patrick Doyon
“The Fantastic Flying Books of Mr. Morris Lessmore” - William Joyce and Brandon Oldenburg
“La Luna” - Enrico Casarosa
“A Morning Stroll” - Grant Orchard and Sue Goffe
“Wild Life” - Amanda Forbis and Wendy Tilby

Melhor Curta-Metragem
“Pentecost” - Peter McDonald and Eimear O’Kane
“Raju” - Max Zähle and Stefan Gieren
“The Shore” - Terry George and Oorlagh George
“Time Freak” - Andrew Bowler and Gigi Causey
“Tuba Atlantic” - Hallvar Witzø

Melhor Edição de Som
“Drive” - Lon Bender and Victor Ray Ennis
“Os homens que não amavam as mulheres” - Ren Klyce
“A invenção de Hugo Cabret” - Philip Stockton and Eugene Gearty
“Transformers: O lado oculto da lua” - Ethan Van der Ryn and Erik Aadahl
“Cavalo de Guerra” - Richard Hymns and Gary Rydstrom

Melhor Mixagem de Som
“Os homens que não amavam as mulheres” - David Parker, Michael Semanick, Ren Klyce and Bo Persson
“A invenção de Hugo Cabret”- Tom Fleischman and John Midgley
“O Homem que mudou o jogo” - Deb Adair, Ron Bochar, Dave Giammarco and Ed Novick
“Transformers: O lado oculto da lua” - Greg P. Russell, Gary Summers, Jeffrey J. Haboush and Peter J. Devlin
“Cavalo de Guerra” - Gary Rydstrom, Andy Nelson, Tom Johnson and Stuart Wilson

Melhores Efeitos Visuais
“Harry Potter e as Relíquias da Morte parte 2″ - Tim Burke, David Vickery, Greg Butler and John Richardson
“A invenção de Hugo Cabret” - Rob Legato, Joss Williams, Ben Grossman and Alex Henning
“Real Steel” - Erik Nash, John Rosengrant, Dan Taylor and Swen Gillberg
“Planeta dos Macacos: A origem” - Joe Letteri, Dan Lemmon, R. Christopher White and Daniel Barrett
“Transformers: O lado oculto da lua” - Dan Glass, Brad Friedman, Douglas Trumbull and Michael Fink

Imagem: Paramount Pictures / Divulgação

Medições Nos Níveis do Rio Acre Atendem a Critérios Científicos e Estão Corretas.



O Rio Acre está atualmente com 17,64 metros de profundidade (medição das 15 horas), medidos em régua fixada pela Defesa Civil que faz as medições obedecendo a critérios técnicos e científicos. Uma vez que os rios possuem dinâmica própria e estão constantemente em movimento, as réguas de medição precisam ser niveladas a todo instante para acompanhar as mudanças ocorridas no leito do rio.

Segundo o tecnólogo em hidrologia Carlos Cordeiro, responsável pelas medições, “Pessoas completamente leigas no assunto estão falando inverdades sobre as medições, sem responsabilidade alguma, uma vez que desconhecem os procedimentos de nivelamentos de réguas linimétricas. A cada três meses é preciso nivelar a régua de medição, através de ajustamento topográfico, com uma referência de nível ou marco, levando em consideração as vazantes”, disse.

A régua foi readequada respondendo a critérios técnicos e científicos que acompanham as mudanças ocorridas naturalmente no leito do rio. Segundo Vera Reis, chefe da Divisão de Gestão de Riscos da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, “Seria ilógico supor que o leito do rio não sofreu nenhuma modificação desde que as medições começaram a ser feitas, o rio modifica-se constantemente. Se a régua não tivesse sido nivelada, aí sim teríamos inevitavelmente uma medição equivocada para os dias atuais, sem correspondências com as séries históricas anteriores”.

Há mais fatores a serem levados em conta para avaliar as resultantes das medições atuais. Em 1997, quando o nível do Rio Acre alcançou seu maior volume com 17,66 m, a população era menor e a ocupação do solo também. Atualmente, apesar dos dados evidenciarem apenas dois centímetros a menos que a cota máxima já registrada, os estragos são muito maiores.

Boletim da Alagação - 26/02/2012.

Agência Notícias do Acre.

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Turma do Chaves | Como Estão os Integrantes em 2012.

Kibobagem.

No RJ, Will Smith e Josh Brolin Falam Pela Primeira Vez Sobre Homens de Preto 3.



Pela primeira vez desde o fim das gravações no final de 2012, jornalistas de toda América Latina puderam ter um gostinho de como será MIB - Homens de Preto 3, que tem estreia prevista para maio deste ano. A apresentação das cenas aconteceu no Cine Laggon, na Zona Sul do Rio de Janeiro, e contou também com uma coletiva de imprensa com os astros Will Smith e Josh Brolin no Copacabana Palace.

No longa, o agente J (Will Smith) precisa viajar no tempo para conseguir salvar o planeta de um ataque alienígena, e para isso volta a 1969. No ano da grande crise, ele tem que convencer o seu parceiro, o agente K (Tommy Lee Jones/Josh Brolin) que veio do futuro, e da sua importância para o planeta e a agência.

Segundo Smith a sequencia de MIB é como uma história em que cada capitulo teve os eu tempo. "Dez anos podem ter sido muito tempo, mas sem dúvida foi o tempo necessário para que o filme tivesse uma história própria e não fosse somente uma série com alguns filmes. Esse filme tem um roteiro diferente do primeiro por exemplo, é mais profundo e não depende só dos protagonistas. Esse é um grande filme, grande e não somente bom".

Josh Brolin, ator que já trabalhou em Onde os Fracos Não têm Vez e No Vale das Sombras, comentou que viver Tommy Lee Jones foi um grande desafio e até mudou a voz para se parecer mais com o astro, principalmente nas cenas cômicas. "O grande Tommy Lee é muito engraçado, mas não todo o tempo. Teve um dia, que eu estava no meu quarto, com meu computador e um gravador, ouvindo a voz de Tommy, no filme, e fiquei a madrugada inteira treinando para que soasse o mais parecido possível. Foi o maior porre da minha vida", disse o ator aos risos.

O filme será lançado em 3D e Imax 3D em todo o mundo, e pelo que foi visto hoje pela equipe do Virgula, a tecnologia foi muito bem empregada. "Eu adoro 3D e é incrível como ele acrescenta ao filme. Aliás, se não fosse comigo, o filme não seria tão bom", brincou Brolin. "Eu só não gostei das minhas orelhas em 3D", comentou rindo Will Smith, quando questionados sobre o uso da tecnologia no filme.

O longa será lançado em 25 de maio, data que completa 10 anos do lançamento do primeiro longa, e conta com Will Smith, Tommy Lee Jones, Josh Brolin, Alice Eve, Emma Thompson, Nicole Scherzinger e muito mais no elenco. As cópias serão em 2D, 3D e Imax 3D. 

Fama de Durona de Dilma Aproxima “Dama de Ferro Brasileira” de Margaret Thatcher.


Roberto Stuckert Filho/PR e Mark Cardwell/AFP
Filme "A dama de ferro", que conta a vida de Thatcher, mostra semelhanças entre a ex-primeira-ministra e Dima Rousseff

E Eu Sou Fã Das Duas!!!

A fama de durona da presidente Dilma Rousseff já lhe dava o apelido de dama de ferro brasileira antes mesmo de assumir como a primeira presidente da República. Com o filme "A Dama de Ferro" nos cinemas, que conta a história da ex-primeira-ministra britânica Margaret Thatcher, as semelhanças entre as duas ficaram mais evidentes, segundo especialistas.

O perfil "duro" das duas no poder, segundo cientistas políticos, é a maior semelhança entre elas. São mulheres firmes, conhecidas pelas poucas e duras palavras, paciência zero e exigentes quanto à competência das pessoas e realização das tarefas no governo.

O cientista político da UnB (Universidade de Brasília), Leonardo Barreto, acredita que a firmeza das mulheres no poder se deve a uma tática de sobrevivência.

- De uma forma ou de outra, muito pelo preconceito existente num ambiente político essencialmente masculino, essas mulheres são obrigadas a masculinizar suas imagens, a construir uma personalidade muito dura e forte para serem respeitadas.

Para o cientista político da USP (Universidade de São Paulo), Rubens Figueiredo, a semelhança existe, mas os motivos que levam cada uma a adotar uma postura forte são diferentes.

- Dilma é considerada durona, mas isso se restringe muito à área de gestão e à personalidade dela. Ela é rígida no dia a dia, de cobrar posturas e resultados dos ministros, por exemplo. No caso da Thatcher, a dureza se refletiu em todo um modelo de política, principalmente política econômica. São traços de personalidade e trajetória semelhantes que as duas têm, mas que se manifestam de forma diferente.

Em uma das cenas do filme, durante uma reunião com a cúpula do governo, Thatcher não poupa críticas a um dos homens que prepara mal a agenda do dia e comete, inclusive, erros na grafia de algumas palavras. Sem paciência com a "falta de comprometimento", ela encerra a reunião e dispensa os presentes.

Nos bastidores da política em Brasília, políticos e assessores comentam que não foram poucas as vezes que a presidente Dilma encerrou reuniões por erros de dados apresentados a ela, falta de informação, entre outras coisas. Nesses momentos, comenta-se que ela não poupa críticas aos colegas e técnicos e reclama de terem a feito "perder tempo para nada”.

Um dos episódios mais recentes deste estilo de Dilma foi o embate com os presidentes dos Clubes Militares. Insatisfeitos com fato de a presidente não ter censurado duas de suas ministras que defenderam a revogação da Lei da Anistia, os militares publicaram uma nota criticando Dilma.

Irritada, ela convocou o ministro da Defesa, Celso Amorim, para pedir explicações e afirmou que os militares, mesmo na reserva, não poderiam peitar a comandante suprema das Forças Armadas. Amorim se reuniu com os comandantes das três Forças, que negociaram com os presidentes dos clubes da Marinha, Exército e Aeronáutica, a "desautorização" da publicação do documento, que foi colocado no site do Clube Militar no dia 16 de fevereiro.

Trajetória política

Margaret Thatcher foi a primeira e, até agora, única mulher a assumir o cargo de primeiro-ministro na Inglaterra. Por 11 anos (de 1979 a 1990) ela governou os britânicos com "mãos de ferro" em uma época de turbulência econômica e Guerra Fria.

No filme “A Dama de Ferro”, apesar de se basear mais na trajetória pessoal e menos nos fatos políticos que marcaram a vida de Thatcher, a trama mostra os episódios cruciais que ela enfrentou, sempre como uma mulher determinada, teimosa, de convicções conversadoras e inabaláveis.

A inglesa, nascida em família humilde, se interessou pela política ainda nova e começou a trajetória como deputada até se tornar líder do partido conservador.

Já Dilma, apesar do interesse pela política e de ter se envolvido ainda jovem na luta contra a ditadura e ter ajudado a fundar o PDT no Rio Grande do Sul, por exemplo, chegou ao cargo máximo de poder no Brasil nos braços do grande aliado e padrinho, o ex-presidente Lula, e pelo perfil técnico que possui.

Para concorrer aos cargos de primeira-ministra e presidente, as duas fizeram toda uma transformação indicada pelos marqueteiros e assessores políticos. Mudaram cabelo, dentes, voz, postura e até mesmo as roupas.

Diferenças

Para o especialista Leonardo Barreto, a trajetória política dessas duas mulheres é um dos pontos mais claros que diferenciam Thatcher e Dilma.

- Thatcher é essencialmente política. Começou a vida como parlamentar, virou líder do partido e se construiu no Parlamento, com apoio da bancada a que pertencia. No poder, fez um governo totalmente reformista, com reformas tributárias, econômicas, liberais. Dilma não passou por isso. Ela ascendeu a partir da competência técnica, foi indicada por um padrinho para concorrer e tem um governo de total continuidade.

Filme

O filme “A Dama de Ferro” é um roteiro de Abi Morgan e direção de Phyllida Lloyd. Como Margaret Thatcher, Meryl Streep concorre no próximo domingo (26) ao Oscar de melhor atriz. A própria protagonista do filme, que interpreta a ex-primeira-ministra nos anos de poder e na velhice, comentou sobre o fato de mulheres assumirem o poder e falou da presidente Dilma, em entrevista à revista Isto É.

- Dilma é corajosa! Eu a felicito e às outras mulheres no poder por imaginar que ainda existe certo desconforto quando uma mulher conquista uma posição de liderança no cenário mundial. Cada mulher que consegue bater o pé, se fazer ouvir e se tornar uma líder abre um pouco mais a porta para as que virão depois.

Cheio Até a Tampa.


Tenho tentado ajudar familiares e conterrâneos numa situação dramática que hoje vou ver de perto: a enchente do rio Acre, que já alcançou quase a marca histórica de 1997. Agora, com mais pessoas atingidas, devido ao crescimento urbano sem planejamento.

Entre as pessoas afetadas estão membros da minha família. Meu pai, com 80 anos, como a maioria das pessoas de sua idade, recusa-se a sair de casa, cuja palafita mandou aumentar para que ficasse acima da marca alcançada pela água em 1997. Vizinhos, como dona Antônia e dona Alzira, e minha irmã Doia, que também moram em casas altas, permanecem no local. Minha irmã comprou uma canoa e, com meu sobrinho Eudes, dedica-se ao trabalho de ajudar os desabrigados.

Consigo imaginar a aflição das milhares de famílias no Acre e em vários outros Estados, que olham para o céu indagando quando vai parar de chover ou quando chegarão os recursos prometidos. No caso do Acre, nem tanto: o esforço do governo estadual e das prefeituras, com a ajuda do governo federal, criou uma estrutura para abrigar com segurança e socorrer com rapidez.

Admirável tem sido a mobilização da sociedade e do intenso voluntariado. Os órgãos públicos teriam muita dificuldade para acolher todos.

Na Amazônia, temos uma dádiva, que é a floresta. Em Rio Branco, a situação é mais grave justamente porque é o trecho onde o rio Acre perdeu a maior parte de sua mata ciliar e a subida das águas não tem contenção. Ainda assim, é mais lenta que em outras regiões. Na planície, a água se espalha mata adentro. Em regiões de relevo mais acidentado, sua rapidez e sua força provocam tragédias irreparáveis.

Mas há outro fator adicional, expresso numa palavra muito usada para descrever as melhores práticas de sustentabilidade: resiliência. Essa espécie de teimosia faz com que as pessoas inventem novos modos de conviver com a natureza em mudança e lhes dá capacidade de resistir, adaptar-se e, se necessário, mudar. No caso dos acreanos, sua base é o amor pelo rio que inunda as casas mas que provê os recursos essenciais à vida.

Ao brasileiro não falta solidariedade, nem amor à natureza e resiliência para suportar seus rigores. O Estado e seus dirigentes poderiam aprender essas lições, para distribuir com justiça os recursos e promover adaptações necessárias a este novo tempo de extremos.

Hoje abraçarei meu velho teimoso e, caso o rio tenha subido, tentarei convencê-lo a ir para a minha casa, onde o igarapé São Francisco chega perto, mas não entra.

PS: Campanha Acre Solidário (doações para os atingidos), Banco do Brasil, ag. 0071-X, conta-corrente 100.000-4, CNPJ 14.346.589/0001-99.

Nova Medição do Rio Acre.

Blog do Altino.

Foto: Débora Bandeira.

Rio Acre está a 1 centímetro da maior cheia da história

O Rio Acre atingiu a marca de 17,61 m de profundidade às 15 horas deste sábado (25), de acordo com a última medição feita pela Defesa Civil Estadual.

A cota do Rio Acre está a apenas 1 centímetro de se igualar à cota da maior enchente da série histórica, de 1997, quando o Rio Acre ficou 17,66 .

E explico:

A série histórica começou em 1970, quando a Defesa Civil do Acre fixou réguas de medição para registrar cheias e vazantes.

Porém, no ano passado, técnicos da Agência Nacional de Águas estiveram no Acre e ajustaram as réguas de medição dos rios da região.

Reposicionada pelos técnicos da Agência Nacional de Águas, a régua de medição do Rio Acre perdeu em 4 centímetros.

A cota de 17,61 m atual na verdade corresponde a 17,65 m em relação à medição da maior cheia, em 1997.

Portanto, se a régua tivesse sido mantida no mesmo posicionamento de 1997, o Rio Acre estaria com 17,65m e não 17,61 m.

"Eu Não Tenho Aids", Diz Ator Reynaldo Gianecchini à Revista.


Em entrevista à revista "Época", que chega às bancas neste sábado (25), o ator Reynaldo Gianecchini falou pela primeira vez sobre o bem-sucedido autotransplante de medula óssea, realizado no início de 2012.

"A operação de medula para mim foi um renascimento. Eu sabia que seria duro, mas não tinha noção. É uma quimioterapia que mata sua medula, aí você toma suas células de novo, as que foram salvas e são sadias. Foi o único momento de meu tratamento em que eu pensei, caramba, será que aguento isso?", declarou ele à publicação.

A reportagem da "Época" ainda revela que na última quarta-feira (22) foi retirado o cateter que estava em seu corpo desde a revelação do câncer.

Questionado pela revista de como surgiu a história de que ele seria HIV positivo, Reynaldo respondeu: "Quando procurei o infectologista por causa da dor na garganta e dos gânglios, logo se espalhou o boato: o cara tem HIV. Nunca desmenti nada. Porque eu ficaria eternamente nesse jogo. Mas agora acho melhor falar, até por respeito às pessoas que gostam de mim e nem comentam comigo"

E continuou: "eu não poderia jamais fazer o tratamento agressivo que fiz se tivesse aids. Primeiro chequei todos os vírus, todas as bactérias, para depois chegar ao câncer. Por isso posso dizer com toda a alegria do meu coração para quem se preocupa realmente comigo: ’Eu não tenho aids’. Poderia mostrar um exame aqui, mas não é o caso. Já fui invadido com tantas mentiras absolutamente infundadas".

Gianne confirmou sua volta ao teatro, em São Paulo, com a peça Cruel: "A partir de 13 de março, vou começar bem devagar minha peça Cruel às segundas e terças. Faço o vilão, o cruel. Isso vai ser meio louco. Lidei com tanto amor, tanta gente vai me assistir, as pessoas tão carinhosas, querendo me rever no palco. E vou estar lá fazendo horrores (risos), supermalvado", disse à revista.

Boletim da Alagação - 25/02/2012.

Agência Notícias do Acre.




Macedo Versus Valdemiro.

Veja.

A guerra religiosa entre Edir Macedo e Valdemiro Santiago continua ardendo. No início do mês, o chefe da Universal pôs no ar um vídeo em que uma mulher supostamente possuída pelo diabo atacava a igreja do seu concorrente.


Agora, um novo vídeo colocado ontem no YouTube mostra novamente uma mulher exorcizada afirmando que tirou pessoas da Universal e levou para o templo da Igreja Mundial de Valdemiro.


Na semana passada, Valdemiro, que tem roubado ao longo dos anos milhares de fiéis da concorrente, já havia se manifestado sobre a ofensiva da Universal:

- Estão apelando demais, tudo bem que eles estão desesperados porque não tem mais povo para arrancar dinheiro.

Por Lauro Jardim

N. B.: O comentário do Valdemiro mostra exatamente o que os dois fazem!!! 

Voluntário de 19 Anos Morto Eletrocutado Era Funcionário Terceirizado do Deracre.


A imprudência de moradores no bairro Seis de Agosto, ao fazerem ligação clandestina, causou a morte de um voluntário que entregava sacolões e água à própria comunidade local. Um homem foi preso e está sendo ouvido na Delegacia da Primeira Regional.

Alan Felipe de Souza Marinho, 19 anos, morreu eletrocutado por causa de um cabo de energia ligado clandestinamente por moradores da região da Quarta Ponte, no bairro Seis de Agosto.

A morte aconteceu a poucos metros da via de acesso à ponte, o mesmo local em que na última terça-feira, 21, moradores entraram em confronto com uma tropa do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar, porque não se conformavam com o desligamento total da energia pela Eletrobras. A interrupção era, justamente, para evitar mortes. Os moradores chegaram a obstruir a ponte.

Na ocasião, muitos disseram que religariam suas energias, mesmo contrariando os alertas de que poderia haver mortes.

Não foi diferente: nesta tarde de sexta-feira, 24, o jovem Alan Marinho -- funcionário terceirizado do Departamento de Estadas de Rodagem do Acre, o Deracre -- se preparava para mais uma entrega de sacolões e água potável quando se enroscou no fio ligado e morreu eletrocutado.

Uma equipe de policiais civis e peritos criminais está na região, sob o comando do delegado André Prado.

Além do homem preso, a polícia investiga se houve mais envolvidos. O indiciamento dele pode ser por homicídio doloso, quando há intenção de matar, segundo um investigador da Polícia Civil ouvido.

A Defesa Civil alerta mais uma vez para que as pessoas se conscientizem que é extremamente perigoso fazer ligações clandestinas.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Boletim da Alagação - 24/02/2012 - 12h / 15h.

Agência Notícias do Acre.



Para uns, a grandeza da natureza; para outros, uma triste realidade (Foto: Diego Gurgel)

Esfera Que Caiu do Céu no Maranhão Deve Ser Resto de Foguete Francês.

UOL.


Os cientistas brasileiros pretendem investigar um objeto metálico de aproximadamente 30 quilos e 1 metro de diâmetro que moradores relataram ter caído do céu na zona rural do município de Anapurus (MA), a 275 km de São Luis. A esfera metálica veio ao chão por volta das 6h da quarta-feira (22) e assustou os moradores do povoado Riacho dos Poços, a 15 km do centro da cidade.

A queda de objetos, provavelmente do foguete francês Ariane 4, já era prevista pela entidade americana Center For Orbital and Reentry Debris Studies. Segundo o site do órgão, a previsão era de que um objeto do foguete reentrasse na Terra às 7h22 do dia 22, com a diferença de três horas a mais ou a menos – ou seja, pouco mais de uma hora do relato dos moradores.

Segundo testemunhas, com a queda, o objeto atingiu um buritizeiro e um cajueiro, que tiveram galhos arrancados. Os moradores do povoado afirmaram que foram quatro “estrondos” causados com a queda da bola espacial, que abriu um buraco de cerca de um metro no chão próximo a casa de José Valdir Mendes, 46, proprietário do sítio que a esfera caiu.

De acordo com o professor da Universidade Federal de São Carlos, astrofísico Gustavo Rojas, apenas uma análise vai determinar exatamente o que é a peça que caiu no Maranhão. Porém, como um objeto similar do foguete Ariane 4 já caiu em Uganda, em 2002, é uma forte hipótese levada em conta pelo cientista.

Garota Mais Peluda do Mundo Diz Ter Orgulho de Ser Especial.



Crianças podem ser cruéis. Para muitos, a época do colégio traz lembranças terríveis de bullying e agressões verbais. É raro uma turma que não tenha um gordinho ou um nerd alvo de todos os tipos de brincadeiras de mau gosto. Por isso, a tailandesa Supatra Sasuphan, de 11 anos, pode se considerar vitoriosa.

Devido à síndrome de Ambras, ela tem o corpo todinho – incluindo o rosto – coberto de pelos e seria alvo fácil da molecada, se não fosse por um motivo: sua autoconfiança. Supatra, mais conhecida como Nat, até quer se curar um dia, mas, no seu dia-a-dia, mostra não se importar com sua condição especial.

“Sou do jeito que sou. Nem fico pensando nisso”, contou em entrevista ao canal de TV americano NBC.

Nat até foi alvo de bullying quando entrou no colégio, mas conseguiu provar que era igual a todos e hoje é uma das meninas mais populares da escola. Ela adora cantar, dançar e atuar e, além disso, é uma das melhores alunas da classe.

Os médicos já tentaram de tudo para, ao menos, reduzir a quantidade de pelos em seu corpo, mas nada funcionou. No ano passado o Guinness World Records a reconheceu como a garota mais peluda do mundo, título que a deixou orgulhosa.

“Ser peluda me faz especial. Aquele foi o dia mais feliz da minha vida”, disse Nat.

Para o futuro, a garota faz planos de virar médica. Não para tentar achar a cura para sua condição, mas para simplesmente ajudar os outros.

“Assim poderei ajudar os doentes e tratar meus pais e parentes quando precisarem”, falou.
(Com MSNBC)

Receitinha: Pavê de Três Chocolates.

Receitas.com


ingredientes



Biscoito

  • 50 g de farinha de trigo ou 1/3 xícara (chá)
  • 30 g de amido de milho ou 3 colheres (sopa)
  • 2 colheres (sobremesa) de chocolate em pó
  • 4 gemas
  • 1 ovo
  • 80 g de açúcar ou 4 colheres (sopa) cheias
  • 2 colheres (sopa) de açúcar refinado

Creme de chocolate

  • 1 lata de leite condensado (395 g)
  • 2 caixinhas de creme de leite (400 g)
  • 200 g de chocolate meio amargo derretido
  • 200 g de chocolate branco derretido
  • 200 g de chocolate ao leite derretido

modo de preparo



Biscoito

1°- Numa tigela, coloque 50 g de farinha de trigo, 30 g de amido de milho e 2 colheres (sobremesa) de chocolate em pó e misture. Reserve.
2°- Coloque numa batedeira 4 gemas, 1 ovo e 80 g de açúcar e bata bem até formar um creme claro (+/- 8 minutos). Desligue a batedeira, adicione a mistura (reservada acima) peneirando e misture delicadamente.
3°- Numa assadeira forrada com papel manteiga, espalhe a mistura deixando com +/- 1 cm de altura. Polvilhe 2 colheres (sopa) de açúcar refinado e leve ao forno médio pré-aquecido a 180° C por +/- 20 minutos ou até a placa de biscoito ficar firme e seca, como um biscoito. Retire do forno e deixe esfriar. Corte 2 placas do tamanho do refratário.
4° - O que sobrar de rebarba das placas passe por uma peneira para obter um farelo. Retire 1 xícara (chá) do farelo de biscoito e misture com 1 colher (sobremesa) de margarina. Reserve.

Creme de chocolate

4°- Coloque numa tigela 1 lata de leite condensado, 2 caixinhas de creme de leite e misture bem. Divida este creme em 3 partes iguais (1 xícara de chá para cada parte). Adicione ao primeiro creme 200 g de chocolate meio amargo derretido e misture bem. No segundo creme 200 g de chocolate branco derretido e no terceiro creme 200 g de chocolate ao leite derretido misturando bem.

Montagem

5°- Num refratário quadrado (22 cm X 22 cm) coloque o farelo de biscoito misturado com a margarina, pressionando para formar uma fina camada. Despeje sobre esta camada a mistura de chocolate meio amargo, coloque uma placa de biscoito, depois a mistura de chocolate branco, a outra placa de biscoito e cubra com a mistura de chocolate ao leite. Cubra o refratário com papel filme e leve à geladeira por +/- 4 h. Retire da geladeira e sirva em seguida.

Boletim da Alagação - 24/02/2012 - 6h / 9h.

Agência Notícias do Acre.


Sobrevoo Revela Imagens da Alagação na Capital Acreana.


Um sobrevoo de helicóptero realizado na tarde desta quinta-feira, 23, revelou a dimensão da alagação que assola Rio Branco. O transbordamento do Rio Acre também desabrigou famílias nos municípios de Assis Brasil, Brasileia, Xapuri e Porto Acre. Na medição das 15 horas, o Rio Acre marcou na capital 17,51 metros de profundidade.

Na capital, a enchente já chegou a 14.300 imóveis, atingindo em torno de 57.267 pessoas. A maioria das pessoas está em casa de parentes e amigos e 1.469 famílias estão alojadas em abrigos públicos, num total de 5.564 pessoas.